Capa site

O Dançarino de Tango

R$24,90R$39,90

 

O Dançarino de Tango é mais do que uma lição de que é possível sobreviver após muitas crises e alcançar objetivos. Sua leitura pode ajudar muitos a buscarem os próprios desejos, empoderar aqueles que perderam a fé em si mesmos e motivar o surgimento de mais dançarinos.
Limpar
Comparar

Descrição

O Dançarino de Tango é um inventário de cicatrizes. Familiares, amorosas e profissionais. E foram estas marcas gravadas na alma de um empreendedor em série que forjaram o empresário de sucesso, que define o próprio livro “como uma ferramenta de autoconhecimento, de revisar fantasmas, mas também uma maneira de tocar as pessoas”. Aos 19 anos, após perder a mãe, romper com sua família e ver seu mundo desmoronar, Brunno Galvão tomou uma decisão que norteou a sua vida desde então: tornar-se um milionário até os 30 anos. Se a falta de dinheiro contribuiu para a morte de sua mãe, não perderia mais ninguém pela falta de recursos.
Brunno entrou de cabeça no empreendedorismo digital, sendo criador de diversas startups, reconhecidas como inovadoras, disruptivas e fadadas ao sucesso, na visão dos especialistas no assunto. Não foram. Apesar dos pivots, caminhadas, poses, cortes e tantos outros passos de tango que o autor usa como metáfora para as suas tentativas de chegar ao milhão desejado. Por isso, o livro tem o título tão apropriado quanto intrigante.

Informação adicional

Peso 250 g
Dimensões 21 x 14 cm
Especificações

160 páginas, 14 x 21cm, Brochura

Tipo

Impresso, ePub

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “O Dançarino de Tango”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar de…

Alma de cabrocha: uma autobiografia cheia de samba

R$15,00R$40,00

 

 Há mulheres que se destacam por romper padrões estabelecidos, invadir territórios antes masculinos, pioneiras que mudaram o rumo da história em maior ou menor escala. Therezinha Monte, sem dúvida, é uma delas. Primeira mulher a ser presidente de uma escola de samba, uma das mais importantes tradições do Rio de Janeiro, ela se tornou a “dama de ferro” por quase duas décadas, levando a Unidos do Cabuçu para o olimpo das grandes agremiações e participando da política das agremiações carnavalescas. Sua marca até hoje é lembrada por todos aqueles que fazem do carnaval carioca uma das festas mais comentadas mundo afora.